Chef David Mauricio é o novo chef executivo das três unidades do Due Cuochi

Ida Maria Frank, David Mauricio e Virgínia Jancsó no Due Cuochi Cidade Jardim
Ida Maria Frank, David Mauricio e Virgínia Jancsó no Due Cuochi Cidade Jardim

A partir de dezembro de 2018, as cozinhas do Due Cuochi passam a ser lideradas pelo paulista David Mauricio. O cozinheiro já faz parte da equipe de restauratrices Ida Maria Frank e Virgínia Jancsó desde 2010, como titular da unidade Cidade Jardim. Comemorando o início de sua gestão, David apresenta quatro novidades para celebrar sucessos da casa e que revelam seu olhar e relação com a comida.

“É um super desafio para mim assumir o Due Cuochi como chef executivo. É um restaurante pelo qual tenho muita admiração. A casa já tem um conceito bem definido e um público extremamente fiel. Minha intenção é que o cliente sinta que a experiência continua ótima, mas perceba alguns toques sutis diferentes, um outro olhar sobre a mesma coisa”, resume David.

Para começar a mostrar mais de seu estilo à frente da cozinha, David lança quatro pratos que podem funcionar como um cardápio à italiana, com entrada, primeiro prato, segundo prato e sobremesa. A entrada, por exemplo, é uma releitura da clássica caprese, que normalmente homenageia as cores da Itália com camadas de tomate, mussarela e manjericão. A nova versão chega à mesa mais colorida e surpreendente(R$ 45). O Fettuccine de pupunha com abobrinha grelhada, limão siciliano, hortelã e farinha de pão é uma opção vegana aromática e bem saborosa (R$ 63). Já o Maialino (barriga de porco) em três versões é acompanhada por um risoto de parmesão, escarola tostada e cebola caramelizada (R$ 87). Por fim, o doce é uma combinação de morangos, mascarpone, pistache e suspiro (R$ 32). As novidades entram em cartaz nos três endereços do restaurante.

A visão que David Mauricio nutre hoje sobre a gastronomia remete à família e afetividade. Ela foi construída a partir da influência do pai e a infância em uma fazenda mineira, mas também assistindo duas das maiores referências do cenário paulistano: Ana Soares, da Mesa III, e Jefferson Rueda, de A Casa do Porco. “Trabalhei com pessoas que me inspiraram muito. Fui estagiário da Anina porque a produção de massas sempre me fascinou desde cedo. E depois tive a chance de cozinhar com Jefferson em dois restaurantes, nos quais eu fiquei  por sete anos”, conta.

Ao longo dos oito anos em que trabalhou sob a tutela do italiano Giampiero Giuliani no Due Cuochi, David valoriza a liberdade que lhe foi dada para criar seus pratos. “Isso foi muito bom para mim e farei o mesmo pela equipe de agora em diante”, promete.

, ,

Arquivos

Menu